quarta-feira, 18 de maio de 2016

Lembre-se disso

Moooores, tudo bom? 
                 Hoje esse pequeno post é para colocar cada um de vocês para refletir um pouco sobre a vida. 
                 Você já notou o quanto relacionamentos são complicados? Vivemos em um mundo onde o individualismo cresce a cada dia,  e as pessoas sentem-se com medo de se importar umas com as outras, ou estão tão magoadas e tão machucadas que endureceram o coração. Quantas vezes você já ouviu ou falou: "não gosto de fulano.", "a pessoa tal me incomoda.", "é insuportável trabalhar com alguém assim."? Muitas não é? Eu sei pois eu tanto ouvi quanto falei. E sabe o pior? Muitas vezes penso que não existe remédio para isso, não tem como evitar que em dias acabemos por pensar que tudo está ruim.
                Acredito que isto se deva a nossa fragilidade com essas relações interpessoais, e a nossa incapacidade em vários momentos de lidar com os aspectos diversos da vida. Não é atoa que a depressão está tão em alta! Poucos conseguem realmente fazer dos fracassos um aprendizado, das situações adversas um degrau e uma motivação para conseguir enfrentar a situação novamente e fazer diferente. 
                   Se você é uma dessas pessoas, lhe faço a seguinte pergunta: esqueceu como que aprende a vier? Foi em meio a quedas e passos meio tortos que vc aprendeu a andar, foi com palavras que as vezes só os pais compreendiam, e as vezes nem eles que hoje você sabe se comunicar, foi entre erros e acertos que hoje você sabe que 1+1 é 2 e 1 junto com 1 forma 11. Entre erros e acertos vc aprendeu. Tá na hora de levar esse conceito para o resto da vida não acham? Assim como uma criança, se não gosta de uma determinada situação, DIGA NÃO, e use a maturidade que os anos lhe deram para transformar primeiramente a você mesmo. Lembre-se da garra e da coragem que vc tinha quando menor. Você lembra dos cortes de cabelo que você mesmo fez? De mesmo tendo caído da bicicleta várias vezes, de não ter deixado de andar? Use isso em todos os seus dias: lembre-se o que te motivava e siga dando o seu melhor. Acredite, isso fará muita diferença. 


Abraços da Professora!! 


Sigam-me > Twitter: Twitter: @jessyoliveraes instagram: jessyoliveraes snapchat: jessyoliveraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário