segunda-feira, 14 de março de 2016

A Cabana - William P. Yong

Moooores, tudo bom? 
                 Hoje quero dar uma dica de leitura, e contar uma história minha que já meio antiga mas que serve de inspiração! Espero que gostem, que tenham vontade de ler, e que possam viver essas experiências gostosas de se sentirem completos no que acreditam.

            "Depois de um domingo onde ouvi um pastor pedir que fechássemos os olhos e visualizássemos Deus entrando, vindo em nossa direção e nos abraçando, me vi incomodada o tempo todo por não conseguir fazê-lo. Minha visão de Deus era uma visão turva de uma luz muito forte, e apenas isso. Afinal, diz na Bíblia que jamais ninguém viu o rosto de Deus. Como poderia eu imaginar uma luz ofuscante vindo me abraçar? Era muita ilusão e muito surreal pra mim. 
              Diante desse incomodo senti um toque macio no meu coração, que apenas me deixou tranquila quanto isso. Sabe quando algo te perturba, e do nada você sente uma paz enoooorme? Foi isso que senti.
               Depois do culto, falei para a minha tia o que eu tinha sentido. Que não era nada de ESPETACULAR mas que me deixou tranquila. Foi quando ela me falou desse livro e o colocou em minhas mãos alguns minutos antes de eu ir dormir.
               Li esse livro bem vigorosamente, tentando imaginar cada detalhe, cada sentimento de raiva, ódio, rancor, descrença, falta de esperanças, mágoa. É um livro tão pequeno mas tão cheio de aprendizado, tão cheio de amor, de conforto. Gente, não tem como terminar de ler esse livro, sem levar alguma experiência, alguma sabedoria consigo.
               Quero que saibam o quanto achei essa história MARAVILHOSA. Me fez ter uma perspectiva diferente de como Ele age, do quão complicado tudo é, e de que apesar dos pesares, o quão importante é apenas entregar sua vida, problemas e desesperos para Ele, e é claro, hoje tenho uma visão diferente dEle, O vejo abraçar-me, conversar comigo durante o dia. Puxo aqui até um gancho do filme AS AVENTURAS DE PI e você que se interessar em ler vai ficar com essa pergunta em mente: EXISTEM DUAS HISTÓRIAS: uma que eu acho relativamente chata, rápida e simples. Sem nada de extraordinário. Apenas fatos. E outra, cheia de aventura, emoções, contos INACREDITÁVEIS! Você pode acreditar em qualquer uma delas, você SEMPRE VAI ENCONTRAR ARGUMENTOS BONS para acreditar em qualquer uma das histórias. Mas em qual você VAI ACREDITAR? Lembre-se sempre que O SEGREDO relatado por tantos filósofos é ACREDITAR, e acreditar é TER FÉ. 


Abraços da Professora!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário