segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

CARTA DOS PROFESSORES AOS ALUNOS

Moooooores, tudo bom???
                Vocês sabem que nós professores voltamos ao trabalho até duas semanas antes de vocês??? Pois é. Nós professores temos que preparar tudo para a volta de vocês. Temos que nos planejar para possivelmente usar em sala o Plano A, o Plano B, o Plano C... o plano Z, o plano... Ops!!! Acabou o alfabeto O-o 
                 Vocês alunos são tão diversificados, que simplesmente não sabemos o que fazer no primeiro dia de aula: passar um filme motivador? um bate papo para conhece-los melhor, fazer um teste de nivelamento para saber como dar aulas para cada turma, para sabermos as maiores dificuldades? Ou ainda já entrar com um jogo sobre as matérias passadas nos anos anteriores com direito a balas para quem acertar... Nossa, pensar que vocês estão em constante mudança de estilo, de gosto, e sempre voltam as aulas cheios de novidades e gírias novas para nos ensinar. Temos que nos preparar psicologicamente para mudarmos até nossos concepções todos os dias! Vocês são nossos desafios diários. Desafios esses que encaramos por vários motivos: necessidade, prazer, esperança.
                 Assim como vocês, nós somos professores diversificados também. Alguns de nós são animados: brincamos, vestimos roupas engraçadas, cantamos, dançamos, contamos piadas, fazemos paródias com a matéria e inventamos gincanas. Tudo para fazer vocês olharem para nós e prestarem atenção no que queremos fazer vocês aprenderem. Outros de nós somos tão rígidos, que só a nossa presença faz vocês ficarem calados, talvez até paralisados. Por favor não pensem que apesar dessa nossa postura, que não teremos prazer em mostrar o nosso conhecimento e sanar as dúvidas de vocês. Sério! Se não compreenderem o que estou falando, por favor tenham coragem de levantar a mão e dizer que não compreendeu. Vou tentar explicar novamente. É uma vitória minha mostrar que meus alunos compreendem o que eu ensino.
                  Alguns de nós também somos muito perdidos em sala, acabamos por deixar vocês muito livres, fazemos vocês copiarem um texto que já sabemos que vocês sequer lembrarão no fim do ano, passamos exercícios ás vezes maçantes, fazemos vocês correrem contra o tempo para entregar uma atividade valendo apenas 0,5 da sua nota (enfatizando que esse 0,5 pode ser o que te salva no fim do bimestre/semestre). Mas toda essa pressão, acreditem, fará vocês verem um pouquinho da pressão que sentirão fora dos muros da escola. Acreditem, sei dos vários desejos que vocês têm. Já fui e sou um aluno.
                  Se vocês me notarem desanimado, sem forças para fazer uma aula bacana, me animem!!! Estudem e me mostrem interesse pelo que ensino. me questionem! instiguem meus conhecimentos. Caso eu não saiba como responder no momento, guardarei a pergunta para as próximas aulas, terei prazer em te dizer tudo que descobri nas minhas pesquisas. Acreditem, isso me dará tanto gás para as próximas aulas. Vocês me farão ter mais conhecimento com esses questionamentos.
                  Por fim digo para vocês que muitos de nós, apesar de rabugentos, apesar de rígidos, de reclamarmos dia a dia do nosso salário, das condições em que somos postos para lecionar, de dizermos até mesmo para vocês que não vale a pena ser professor, apesar de todos os prós e contras, amamos essa vida de professor. Nosso felicidade é ver que muitos de vocês voltam para nos abraçar nos próximos anos, nosso prazer é ouvir de vocês que graças as nossas aulas, vocês alcançaram seus sonhos. Nos orgulhamos de ver um ex aluno bem de vida. Apesar de centenas de vocês serem nossos anualmente, lembraremos dos rostinhos da maioria, e teremos orgulho em vê-los por aí e dizer para quem estiver perto de nós: aquele foi meu aluno.


Beijos da Professora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário