segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Dicas sobre Aparelho Ortodôntico

Hellooooo Peopleeeeee! 
                     Como muitos de vocês que me acompanham no instagram e no snapchat devem ter visto, eu estou sem aparelho \o/
                Fiquei de aparelho por volta de um ano e oito meses. Passei pela panorâmica, suei GELADO quando a doutora montou o aparelho, tive pequenos ataques de pânico antes das cirurgias para a retirada dos sisos, e senti alívio e ao mesmo tempo um certa falta do aparelho fixo hahah' 
                    Esse post que faço é para mostrar a vocês o quanto meu sorriso mudou! O quanto eu acho que valeu a pena ter começado esse processo. 


                 Nessa foto, vocês podem ver o quanto meu sorriso é enooooooorme, como meus dentes são grandinhos e como eles estavam tortinhos. Tá legal que não eram hiper tortos, mas os meus dentes da arcada superior, esses dois mais da frente me incomodavam bastante! Na arcada inferior eu tbm tinha um dentinho que ficava lá atrás... Não deram espaço pra ele :/


                Essa foto foi uma das primeiras que tirei usando o aparelho. A foto está meio escura mas ainda é perceptível os meus dentinhos tortos. Admito aqui que as manutenções não me assustavam! Não era dolorido em nada fazer a manutenção. Na hora em que a doutora trocava os aros e as borrachinhas eu não sentia nada demais. Ás vezes uma pressãozinha de leve nos dentes, nada além disso! O problema era quando eu, depois da manutenção, ia tentar mastigar algo: os dentes amolecidos pela força do aro que os forçava a tomar a forma dele, e das liguinhas que mantinham os dentes ligadinhos e imóveis no aro, faziam com que eu sentisse que eles fossem cair. Por isso aquela conversa de que sempre que se faz manutenção ficamos nos alimentando de miojo. Eu tenho sorte pois minha mãe sempre tinha o cuidado de cozinhar tudo, deixar tudo o mais molinho possível para que eu não sentisse os impactos desse momento. Essa dorzinha chata ficava em mim em no máximo 4 dias. Esse era o tempo para os dentes irem se acostumando aos seus novos lugares.     


             Nessa foto acima eu estava usando aparelho a oito meses e a diferença já é bem grande! Nessa foto não tem photoshop algum hahahh' A parte superior já estava bem certinha meeeesmo. Lembro-me que eu sofria mais com os dentes inferiores que não queriam ir para os lugares. Nessa época comecei a usar liguinhas. As temidas liguinhas. As fotos abaixo peguei da internet mas eu comecei a usá-las exatamente como nessas imagens: 


          A força delas, no meu caso era principalmente para endireitar a posição dos meus caninos. Todo mês a posição era trocada, e com o uso delas, meus dentes ficaram doloridinhos por mais tempo. Isto por que eu, de dois em dois dias tinha que trocar por uma liga nova. Foi também nesse período que comecei a arrancar os sisos. Devido a posição dos meus sisos, tive que fazer três cirurgias. Em todas eu morri de medo da dor. Porém, graças a anestesia, não senti NADA. Foi meio dolorida a recuperação, pois eu senti dificuldade em abrir a boca, e em mastigar. Mas isso é super normal devido ao local da cirurgia. Fora isso, foi tudo tranquilo.
              Desde o dia seis desse mês estou usando o aparelho móvel. Sabe aquele que é só um ferrinho??? 


         Meus três primeiros dias usando esse aparelho foram horríveis! Tive uma dificuldade enooooorme de adaptação a ele. Ele fica grudadinho no céu da boca e isso me deu ânsias de vômitos contínuas desde o momento que a doutora o colocou na minha boca. Essas ânsias fizeram com que eu sentisse dores de cabeças fortes. Passei o final de semana a base de remédios. Mas nesse momento que eu escrevo a vocês, me encontro adaptada a ele com louvor hahahha' Mas isso depois de testar ficar chupando balinha, de manter a língua levantada o maior tempo possível na boca, e de ficar tirando o aparelho móvel de 5 em 5 minutos. Fui muito persistente no uso desse aparelho.
               Em todo esse processo sempre fiz, passo a passo, tudo que a doutora me dizia que eu deveria fazer: todos os cuidados com a limpeza, com as manutenções, o uso das liguinhas e da massa que ameniza os possíveis machucados causados pelo aparelho fixo, e segundo ela, por ter sido disciplinada, o processo foi mais rápido do que o estimado. 
                   A dentista que cuidou do meu sorriso, sempre me explicou o que ela estava tentando fazer nos meus dentes para que eu compreendesse e visse a mudança que estava acontecendo. Então sempre sai satisfeita do consultório. Inclusive se você que está lendo tem interesse em colocar aparelho ortodôntico e mora aqui em Brasília eu posso te indicar! Só mandar um email para mim solicitando os contatos da doutora.
                    No mais esse é meu novo sorriso livre dos ferros!! 


                Espero que gostem e que, apesar dos relatos, vocês que precisam ou simplesmente tem vontade de usar tirem um tempinho para conversar com um dentista para que este possa te dizer se você precisa ou não, e o que deverá ser feito para que você comece a usar. Acredite: vale a pena!!!

Beijos da professora.

Sigam-me > Instagram: jessyoliveraess   Twitter: @jessyoliveraes  Snapchat: jessyoliveraes 








Nenhum comentário:

Postar um comentário