sábado, 22 de agosto de 2015

Um Laço Demoníaco - 16/08/2015

                 

                No Alto da montanha os heróis encontraram o rei dos gigantes com seus soldados. E o rei ao perceber a presença deles, perguntou o que estavam fazendo ali.


                 A Tasha ao ver o Rei Gigante lembrou que já o conhecia. Ele disse:

- Você de novo?! Me perseguindo do inferno? E todos vocês que se aliaram a ela vão morrer.

                O Colligaris atira uma flecha e gigante se defende e fala:

- Deixem o demônio e vão embora. Se o fizerem, deixo vocês irem em paz.

- Não deixaremos ninguém! – Grita Arthur Miller.

- Estou cansado disto. Vou contar até três. – Gritou Gigantus.

- Temos anjos e demônios aqui. Você não vai querer mexer com os dois planos ao mesmo tempo! – Rebate Arthur.

- Isso para mim não é problema, já que estive no inferno. – Declarou Gigantus.

- Nós temos algo que você pode querer. – Disse Colligaris.

              Então Gigantus se enfurece e vai na direção de todos. Colligaris e Karyon sumiram (foram para outro plano) e nesse momento começa a batalha. Todos atacam. Ele atinge a gênia e o meio demônio com a espada.

              Arthur ataca com as adagas e consegue um corte no Rei Gigantus. Porém o gigante vai atacar a pequena Tasha, e todos escutam o som de um dragão vindo, e essa criatura mística e lendária pousa na frente da demônia afim de protege-la. Porém é atacado e fica gravemente ferido.

- Essa história se repetindo de novo?! – Gigantus tira a espada – E você é a próxima. E tenta sair de perto do dragão para conseguir alguma vantagem na captura da demônia.

                Colligaris faz uma magia para o gigante achar que estava perto de um precipício, e Efigênia joga um sharkboy nele, conseguindo enfraquecer um pouco o Gigantus.

             Hyourou Katsui aproveita o momento e joga o ‘’KA-ME-HÁ-ME-HAAAA’’ e o Rei Gigante diz: - Nos encontraremos novamente. – E começa a se desintegrar.

             Arthur. e a Efigênia veem a carta e querem roubar. Porém quem consegue chegar perto da carta primeiro é o Ladrão, que tenta tirar a carta da rocha mas não consegue. O anjo chega após essa tentativa, e usa cancelamento de magia para tentar tirar a carta, mas sem sucesso.

            O Dragão está quase morto, a demônia está inconsolável ao lado do dele, e o Karyon vai realizar o ultimo pedido do Dragão, e tenta isto usando de dedução conforme as reações do Dragão as suas perguntas.A Demônia não quer deixar, pois acha que ele quer matar o dragão. Furiosa com a ideia, ela ataca o meio celestial e o deixa meio inconsciente (quase morto).

              O Ladrão consegue tirar a carta, e troca pela carta endereçada a ele que está de posse do anjo.

              Ao ler a carta, Arthur vê que conta uma história sobre um homem que não conseguiu entregar uma carta. Ele também observou que tinha a assinatura dele, e a história dele. Depois disto, ele e o anjo somem para o plano.

                 Quando o Arthur volta ele usa a adaga negra no dragão, que se regenera.

                 Tasha começa a conversar com o Dragão que fala que voltou para ajudar ela.

                 Um bardo chega e diz:

-Ora, ora, ora! Vocês de novo.

               A Tasha cai na frente do Dragão e lembra que ela e o Dragão compartilham da mesma alma.

              O bardo começa a tocar um banjo enfeitiçando assim o anjo. O ser celestial enfeitiçado ataca um bárbaro começando assim mais uma batalha.

             O Arthur começa a analisar o Colligaris para tentar saber se a carta ainda está com ele, e por não conseguir identificar, ele sai correndo.

             A quantia de bárbaros chegando para atacar os heróis se intensifica e com isto, eles começam a fugir. 

            Então Saul o grande Dragão Negro joga a Tasha nos lombos e pula da montanha, planando até o chão. Chegando lá gnomos aparecem para ajudar a escondê-los, pois esses seres mágicos e pequenos costumam ter boa indole.

           Um dragão, juntamente com o Darius chegam e ajudam quem está perto do exército a fugir.

           A elfa, a gênia, o anjo. o humano e o meio celestial fogem para a caverna.


Continua... 


Nenhum comentário:

Postar um comentário